45º Dia da Expedição - A escalada do Ojos del Salado (6.893m)
da redação, Waldemar Niclevicz
31 de janeiro de 2013 - 11:02
 
comentários    
 
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    Acampamento base do Tres Cruces, 4.900m Foto: www.niclevicz.com.br
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    Caminhada rumo ao campo alto do Tres Cruces" Foto: www.niclevicz.com.br
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    Campo alto a 6.150m no Tres Cruces " Foto: www.niclevicz.com.br
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    Lua cheia, amanhecer no Tres Cruces " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    Labirinto de pequenas torres de rocha próximo ao cume do Tres Cruces " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    Vista do cume do Tres Cruces para o Pissis " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: Pedro Hauck
    Waldemar Niclevicz no cume do Tres Cruces. " Foto: Pedro Hauck
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    Vista do cume do Tres Cruces para o Ojos del Salado " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    A caminho do Ojos del Salado " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    A Andina abrindo caminho na neve " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    O Ojos del Salado " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    O Refugio Atacama a 5.280m " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    Waldemar com o Ojos del Salado ao fundo, o vento traz cristais de gelo. " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    Aproximando do Ojos del Salado " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    O Refugio Tejos a 5.800m, Ojos del Salado ao fundo " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    Amanhecer no Ojos del Salado " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    Muita neve rumo ao topo do Ojos del Salado " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    O cume do Ojos del Salado do lado direito " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: www.niclevicz.com.br
    Crux final, chegada ao cume do Ojos del Salado " Foto: www.niclevicz.com.br
    javascript:;
  • Foto: Pedro Hauck
    Waldemar Niclevicz no cume do Ojos del Salado. " Foto: Pedro Hauck
    javascript:;
1 20

Acampamento base do Tres Cruces, 4.900m Foto: www.niclevicz.com.br

 

Estimados Amigos,

A última semana da nossa expedição foi a mais agitada, escalamos duas das maiores montanhas das Américas, o Ojos del Salado (6.893m) e o Tres Cruces (6.748m), no Chile, e na volta para a Argentina (próximo ao Ojos, a 4.500m de altitude, em meio a um deserto andino) socorremos as vítimas de um grave capotamento, levando um casal de argentinos por 180 km até a ambulância que veio ao nosso encontro. Então viemos o mais rápido para o Brasil (chegamos ontem à noite), pois amanhã já tenho palestra em Brasília.

A Expedição Topo das Américas, que começou no dia 16 de dezembro de 2012, teve 45 dias de duração, percorreu 12.540 km, sendo 5.500 km por estradas de terra, areia, barro e neve, quando desbravamos uma das mais lindas regiões de montanha do mundo, os Andes Centrais da Argentina e do Chile.

As montanhas que escalamos foram:

1. Vulcão Tuzgle (5.350m, perto de Santo Antonio de Los Cobres, Argentina);
2. Nevado de Cachi (6.380m, Argentina);
3. Vulcão Antofalla (6.470m, perto de Antofagasta de la Sierra, Argentina);
4. Vulcão El Peinado (5.871m, próximo a Las Grutas, Argentina);
5. Vulcão Incahuasi (6.621m, próximo ao passo San Francisco, pelo Chile);
6. Vulcão Pissis (6.882m, Argentina);
7. Cerro Mercedário (6.770m, perto de San Juan, Argentina);
8. Cerro Las Tórtolas (6.160m, perto de La Serena, Chile);
9. Vulcão Ojos del Salado (6.893m, pelo Chile);
10. Vulcão Tres Cruces (6.748m, pelo Chile).

As escaladas das oito primeiras montanhas já havia noticiado, a novidade portanto foram as escaladas do Ojos del Salado e do Tres Cruces, cada um desses verdadeiros gigantes andinos foram superados em apenas dois dias, graças a nossa excelente adaptação do organismo à altitude, após mais de um mês na “puna” andina e, lógico, a nossa imensa vontade de galgar às suas alturas.

Dez montanhas escaladas em quarenta dias é um resultado difícil de alcançar, esse desafio só foi superado devido a um rigoroso planejamento de nosso itinerário, tudo referenciado em nossos GPS, e devido a nossa capacidade de deslocamento que nos proporcionou a “Andina”, nossa super pick up 4x4 que foi cuidadosamente preparada para enfrentar as piores condições, chegou a 5.280m de altitude, enfrentou 18 graus negativos, terra, pedras afiadas, lama, areia e neve, e jamais nos deixou na mão.

A Expedição Topo das Américas foi realizada sem nenhum patrocínio (com exceção do guincho elétrico que ganhamos da Ekron, www.ekron.com.br). Foi realizada graças aos recursos que arrecado com as palestras que faço para as empresas, em um esforço de retomar o Projeto Mundo Andino, que havia sido iniciado em 2004, mas infelizmente interrompido devido à falta de patrocínio. Minha intenção é dar continuidade a este que é o meu “projeto de vida” contando justamente com as palestras que faço para as empresas, por isso mesmo já estou de volta, e amanhã irei para Brasília par atender a uma grande empresa da área de TI.

Como sempre, agradeço de coração a todas as empresas que puderem optar pelo meu nome na hora de escolherem um bom palestrante para o seu evento.

Mais detalhes e fotos da belíssima expedição que acabamos de realizar virão nas atualizações seguintes. Nessa atualização deixo as fotos do Ojos del Salado e do Tres Cruces. (para ver as fotos favor acessar www.niclevicz.com.br).

Gostaria de agradecer a companhia do Pedro Hauck, e a paciência da Silvia Bonora em nos prestar o apoio nas escaladas da recente expedição. Nosso trabalho em equipe foi perfeito!

Desejo a todos um 2013 repleto de desafios e novas conquistas!

A vida é apenas um sopro, não espere as coisas acontecerem, aconteça!!!



Projeto Mundo Andino

O Projeto Mundo Andino tem como objetivo a escalada de mais de cem montanhas, espalhadas pela Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Bolívia, Argentina e Chile, através dos 7.500 km da cordilheira mais extensa da Terra, realizando um estudo tanto físico quanto humano do entorno de cada uma dessas montanhas, com a missão de “Promover o desenvolvimento sustentável entre o homem e o meio ambiente nas montanhas da Cordilheira dos Andes”.

Namastê!
Waldemar Niclevicz
www.niclevicz.com.br