A escalada do Elbrus 5642m
da redação, Ana Boscarioli
22 de agosto de 2011 - 13:08 - atualizado em 12 de setembro de 2011
 
comentários  
 
NO CUME - Ana Elisa pode ter sido a primeira brasileira a chegar ao cume do Elbrus pela face norte.
 

Queridos amigos, esta é a primeira vez que escrevo para o Extremos. Não é fácil achar um tempo entre o trabalho e os treinos. Trabalho de cinco a seis por semana, as vezes até 12 horas por dia. A montanha é o meu lugar de descanso. Dizem que quem trabalha com a mente descansa carregando pedras... e mochilas.

Desde a conquista do meu grande sonho, o cume do Everest, fiquei um pouco perdida...em busca de um novo objetivo. Nos últimos anos estive escalando no Peru, Equador e também fiz uma expedição ao Ama Dablan, no Nepal, onde que tive que abandonar por uma luxação no ombro que reduzi sozinha a 6.000 metros de altitude.

Recebi um convite para uma expedição ao Manaslu em 2012. As montanhas de 8.000m me fascinam, pela longa permanência na natureza.

Porem,optei por finalizar meu projeto "Sete Cumes", escalando as mais altas montanhas de cada continente.

Acabo de chegar da Rússia, onde estive para escalar o Elbrus. A viagem me surpreendeu com as belas paisagens da região do Caucaso.

A montanha estava fechada pela via normal por motivo de um atentado terrorista acontecido no ano passado. Entramos pelo norte, aonde existe uma base militar. Foi o primeiro ano a autorizarem expedições por esta via (Norte). Depois de seis horas em um caminhão off-road chegamos ao campo base...um lugar maravilhoso a beira de um rio, com muito verde ao redor e uma vista privilegiada do vulcão. Aguardamos três dias no acampamento superior embaixo de mal tempo e fizemos uma tentativa no último dia ainda com mal tempo. A logística de transportes e vistos não nos permitia ficar mais. Apesar de ser uma montanha relativamente sem dificuldades, foi um dia muito frio e com ventos fortes. Chegamos ao cume por volta das três da tarde do dia 6 de agosto de 2011.

Estou de volta ao Brasil e já me organizando para a próxima, vou escalar a montanha mais alta da oceania, o Karstenz, na Papua Nova Guiné, em novembro.

Abraços,
Ana Elisa

Ana Boscarioli já escalou 3 dos 7 Cumes
Monte Everest - Ásia - 8.850 metros - escalou em 2006
Monte Aconcágua - América do Sul - 6.962 metros - escalou em 2001
• Monte McKinley (Denali) - América do Norte - 6.194 metros
• Monte Kilimanjaro (África) - 5.895 metros
Monte Elbrus (Europa) - 5.642 metros - escalou em 2011
• Maciço Vinson (Antártica) - 4.897 metros
• Parede Carstensz (Oceania/Papua Guiné) - 4.884 metros