Extremos
 
COLUNISTA RODRIGO RAINERI
 
Expedição Monte McKinley
Texto: Elias Luiz e Rodrigo Raineri    
 
  • Foto: Rodrigo Raineri
    Rodrigo Raineri em um acampamento alto do McKinley Foto: Rodrigo Raineri
  • Foto: Elias Luiz
    Rodrigo Raineri visita à sede do Denali National Park." Foto: Elias Luiz
  • Foto: Rodrigo Raineri
    Trabalho de taxidermia em urso no aeroporto de Anchorange, Alaska." Foto: Rodrigo Raineri
  • Foto: Rodrigo Raineri
    O pessoal por aqui aproveita mesmo o verão! Vejam que belo trailler!" Foto: Rodrigo Raineri
  • Foto: Rodrigo Raineri
    Os números do McKinley nesta temporada 2014." Foto: Rodrigo Raineri
  • Foto: Rodrigo Raineri
    Mais um trabalho de taxedermia. Isso lembra e muito o "Chamado da Floresta"." Foto: Rodrigo Raineri
  • Foto: Rodrigo Raineri
    Empacotando os alimentos para 20 dias de expedição." Foto: Rodrigo Raineri
  • Foto: Rodrigo Raineri
    Trenós com snowshoes e comida esperando para serem embarcados!" Foto: Rodrigo Raineri
  • Foto: Rodrigo Raineri
    Como não voamos fui fazer uma caminhada e correr nos arredores de Talkeetna." Foto: Rodrigo Raineri
  • Foto: Rodrigo Raineri
    Fiquei impressionado com as pegadas de urso na trilha onde eu estava correndo. " Foto: Rodrigo Raineri
  • Foto: Rodrigo Raineri
    Na foto, estou na aresta, perto do High Camp (5200m). " Foto: Rodrigo Raineri
1 11

Rodrigo Raineri em um acampamento alto do McKinley Foto: Rodrigo Raineri

Rodrigo Raineri
Publicado: 22.06.2014 - 9h50 - atualizado: 14h30
Depois de muitos dias sem contato, finalmente tivemos boas notícias do Rodrigo Raineri, confira:

Amigos, Depois de 20 dias de expedição, sem contato direto com o "mundo", durante a pior temporada de escalada da história desta montanha, onde o clima estava muito complicado, frio, neve e muito vento, volto com a maravilhosa notícia: CUME!!!! Foi bem difícil e sofrido, principalmente porque não consegui treinar nada e estava debilitado devido a uma dengue que me derrubou durante 6 semanas antes do embarque. Muita perseverança e preparo mental foram fundamentais para chegar ao cume do Denali, a maior montanha da América do Norte! Um abraço!Rodrigo Raineri

Logo no início da expedição ficamos "presos" 3 dias em Talkeetna impossibilitados de voar até o glaciar onde começa a subida da montanha. Quando o tempo melhorou um pouco, fizemos o voo... tenso, nuvens e chuva, mas chegando na montanha tinha visibilidade e o pouso foi perfeito. Do pouso já começamos a caminhada no glaciar, as 19:30h, parando pouco depois da 1h da madrugada. Nos dias seguintes fomos subindo, enfrentando neve e vento, intercalados com alguns dias de céu claro e sol, até atingirmos o Medical Camp, a 4300m de atitude, onde tem um acampamento com guarda-parques e equipe médica. Depois de uma semana no medical camp e uma subida para deixar comida em uma aresta linda da montanha, partimos para acampar lá, a 5.000m de altitude. No dia seguinte, seguindo uma previsão de bom tempo, atacamos o cume. Mas estava muito vento, não deu.
A Ana Carolina, que estava comigo, desistiu e resolveu descer. Uniu-se a uma parte da expedição do CAP que também iria voltar e estava no Medical Camp, mais abaixo. Como ela estaria em segurança com o Wagner e com o Tércio, desci com ela a parte mais complicada, onde existem algumas cordas fixas, e no mesmo dia voltei a subir, peguei minhas coisas e fui até 5200m, no High Camp, onde estava o Fernando Adbala, da mesma expedição do Cap, brasileiro que conheci na montanha dias antes, e que temos muitos amigos em comum. Este dia enfrentei muito vento, frio e neve. Somente eu subi para o High Camp aquele dia. Meu plano era descansar um dia apenas e atacar o cume no dia 18, quarta-feira, com previsão de ventos de 35 a 45 milhas por hora. Esta era a última possibilidade de ataque ao cume, pois precisaria voltar e pegar meu voo. A previsão errou muito esta temporada, a pior de todas. Dias considerados ruins não eram tão ruins, e dias bons não eram tão bons, então, só restava a dúvida e a perseverança. Rodrigo Raineri

Publicado: 04.06.2014 - 16h36
Rodrigo Raineri já está no campo base do Monte McKinley.


Publicado: 03.06.2014 - 9h20

Ontem Rodrigo Raineri não voo e aproveitou o dia para mudar de hotel e e correr ao redor da pequena cidade.

Como não voamos fui fazer uma caminhada e correr nos arredores de Talkeetna (foto 9). Maravilhoso o lugar! O tempo melhorou um pouco e pude ver as montanhas ao fundo! Mas fiquei impressionado também com pegadas de urso na trilha onde eu estava correndo (foto 10). Pernas pra que te quero, rsrs. Bom final de semana! Rodrigo Raineri

Hoje tivemos que mudar de hotel pois nossa reserva chegou ao fim e não conseguimos voar ainda... a cidade está lotada e não tem mais vagas. Tem expedições a vários dias na montanha esperando para vir embora...Rodrigo Raineri
Publicado: 30.05.2014 - 11h15 - atualizado: 18h18
O tempo parece ter melhorado e é possível que o Rodrigo Raineri embarque hoje para a aproximação do Campo Base do McKinley.

O tempo melhorou um pouco! Vão fazer um voo para ver se dá para chegar até a montanha e pousar no glaciar. Se rolar, pode ser que consigamos voar ainda hoje!!! Trenós com snowshoes e comida esperando para serem embarcados (foto 8).Rodrigo Raineri

Empacotando comida para 20 dias (foto 7)! Uma boa alimentação na montanha começa com Croqui no café da manhã e um Ptisq por dia! Energia de qualidade para atingir o Teto da América do Norte! Rodrigo Raineri
Publicado: 29.05.2014 - 11h10
O pessoal por aqui aproveita mesmo o verão! Vejam que belo trailler! (foto 4). No inverno, dias com poucas horas de luz fraca. No verão 24 horas de luz! Esta madrugada acordei e vi que estava claro! Não vou levar lanterna na expedição pois não tem noite aqui esta época do ano! Sair para o cume "não tem horário fixo", dependemos das condições climáticas, pois é claro o tempo todo!
Estamos em Talkeetna, cidade onde pegamos o avião para pousar no glaciar no sopé da grande montanha. Chuva e mal tempo, não houveram vôos hoje e a previsão é voar apenas depois de amanhã. Fomos à sede do parque fazer nosso registro. Após o registro é obrigatória uma entrevista com os guarda-parques. A porcentagem de cume até o momento esta temporada foi apenas 21% (foto 5). Parabéns Ana Elisa pelo cume! Rodrigo Raineri
Publicado: 28.05.2014 - 11h40

Rodrigo Raineri está em Anchorange, no Alaska e nos próximos dias parte para escalar o McKinley, junto com a Ana Carolina Chierega, em seu projeto para completar os 7 Cumes. Joel Kriger é outro brasileiro que tentará escalar o McKinley, montanha que a Ana Boscarioli chegou ao cume no dia 24 de maio de 2014.

Depois de um enorme perrengue, 6 semanas derrubado por conta de uma Dengue, semana passada trabalhei pelos 50 dias anteriores, e hoje cheguei em Anchorage, Alaska! Rumo ao Mckinley, ou Denali, a mais alta montanha da América do Norte! No aeroporto vários animais da região! Espero não topar com um destes faminto por aí (foto 3)...Rodrigo Raineri
Suas Conquistas nos 7 Cumes
• Everest (8.848m) - Ásia - 2008
• Aconcágua (6.962m) - América do Sul - 1993
• McKinley (6.194m) - América do Norte
• Kilimanjaro (5.892m) - África - 2010
• Elbrus (5.642m) - Europa
• Vinson (4.892m) - Antártida
• Carstensz (4.884m) - Oceania - 2013