Extremos
 
Everest 2019
14 ANOS DE COBERTURA ONLINE DO EVEREST
 
 

13.03.2019 | 09:00 Nepal | 00:15 Brasil | Os Doutores da Cascata de Gelo já realizaram a Cerimônia Puja e amanhã começam os trabalhos de instalações das cordas.

 
 
CUMES MORTES
FACE SUL FACE NORTE FACE SUL FACE NORTE
ESTRANGEIROS NEPALESES ESTRANGEIROS NEPALESES ESTRANGEIROS NEPALESES ESTRANGEIROS NEPALESES
0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0
0 0
 
 
destaque
 
EVEREST - FACE SUL
CPqD - GRADE 6 -
BRASIL BRASIL BRASIL BRASIL

- ESTÁ NO CATAR

- ESTÁ NO CATAR

-

- VIAJA NO DIA 28 DE MARÇO PARA O NEPAL
LEGENDA DESTAQUE: • CA = CICLO DE ACLIMATAÇÃO • BC = BASE CAMP • FF = FOOTBALL FIELD (5.700m) • C1 = CAMPO 1 (5.900m) • C2 = CAMPO 2 (6.400m) • C3 = CAMPO 3 (7.200m) • C4 = CAMPO 4 (8.000m)
• 1C1 - PASSOU UMA NOITE NO CAMPO 1 • ... O CICLO EM ANDAMENTO • ABC = ACAMPAMENTO BASE AVANÇADO (6.500m - FACE NORTE) • LOBUCHE EAST (6.119m) • CC = CICLO DE CUME
 
podcast
 
 
notícias
 

25.03.2019 - 19:45 Nepal | 11:00 Brasil

Rodrigo Raineri

  Elias Luiz  

Rodrigo Raineri partiu neste domingo, dia 24 de março, para o Nepal. O Projeto Everest 2019 vai ser dividido em 5 fases: a primeira delas é a chegada à cidade de Catmandu no Nepal, seguindo para a cidade de Pokara para a realização de vários vôos de treinamento de parapente. Na segunda fase, Raineri fará um trekking de aproximadamente dez dias até a base do Monte Everest, pela face sul. A terceira fase do projeto engloba a etapa de aclimatação, quando o alpinista sobe e desce parte da montanha várias vezes para a adaptação do corpo à altitude e também uma etapa de descanso numa área mais baixa com menor altitude. Na quarta fase do projeto, que é a etapa de maior expectativa, o alpinista fará o ataque ao cume do Everest e o vôo solo inédito de parapente. E na quinta e última fase, Raineri encerra a expedição e retorna ao Brasil.

“Um dos objetivos do Projeto Everest 2019 é divulgar e incentivar a prática da escalada esportiva, que passa a ser oficialmente considerada um esporte olímpico nos Jogos de Tóquio em 2020. Além disso, sou adepto e praticante da modalidade Hike and Fly, e a realização do vôo solo inédito de parapente na montanha mais alta do mundo é algo que sempre sonhei em colocar em prática para superar novos limites e dificuldades”,

conta o alpinista Rodrigo Raineri

Especialista em conduzir e orientar pessoas que sonham em se desafiar na prática do montanhismo, Raineri já liderou expedições para o Monte Everest (três vezes no cume até o momento), localizado entre o Nepal e o Tibet na Ásia e conhecida como a maior montanha do mundo e de extrema dificuldade (8.848m); para o Aconcágua na Argentina (seis vezes no cume), que além de ter guiado diversas expedições pela sua rota normal, também escalou em pleno inverno e pela desafiadora Face Sul (6.962m); para o Denali no Alasca, também conhecido como McKinley (6.194m), o Kilimanjaro (duas vezes), cercado pelas belezas naturais da Tanzânia (5.895m); para o Maciço Vinson na Antártica (4.892m), para o selvagem e remoto Carstensz na Oceania, que coloca a expedição em contato com tribos preservadas (4.884m) e por fim, para o Monte Elbrus (5.642m) na Rússia.

O Projeto Everest 2019 conta com o patrocínio master do CPqD e patrocínios da 4BIO, BR3 Engenharia, Destinos Inteligentes, Clínica Visão e Guilherme Benchimol. Apoio da Cia Athletica, Thule, Instituto Trata Campinas, Feinkost, Solo Equipamentos, Spa Lapinha, Sol Paragliders, Daniel Cady Nutrição Personalizada e ABP (Associação Brasileira de Parapente). A realização do projeto é de Raineri Consultoria & Projetos Especiais.

Julio Blander (cinegrafista), Rodrigo Raineri e Mauro Chies no momento do embarque.
 

13.03.2019 - 16:00 Nepal | 07:15 Brasil

Vai começar

  Elias Luiz  

Vai começar a temporada 2019! Pelo 14º ano consecutivo o Extremos fará a Cobertura Online das expedições ao Everest, sempre com o foco nas expedições dos brasileiros e dos principais alpinistas mundiais.

Obrigado a todos vocês que sempre acompanham, aproveite e compartilhem, avisem os amigos e fiquem a vontade paa fazer perguntas. As que eu souber responder, faço isso imediatamente no mural de recados, mas que eu não souber, levarei para os alpinistas brasileiros responder por texto ou mesmo via Podcast.

A maioria dos alpinistas devem chegar ao Nepal entre a última semana de março e a primeira semana de abril.

RODRIGO RAINERI que já escalou o Everest três vezes (2008 - 2011 - 2013), esse ano volta para tentar decolar do cume de paraglider. Rodrigo também já escalou os Sete Cumes.

MAURO CHIES que já escalou quatro montanhas do projeto Sete Cumes: Aconcágua, Denali, Elbrus e Kilimanjaro. Este ano fará a sua primeira tentativa de escalar o Everest.

Em breve divulgarei mais brasileiros que irão escalar o Everest neste ano.

Doctor Falls

Os Doutores da Cascata de Gelo fizeram hoje a Cerimônia Puja e a partir de amanhã estarão liberados para o início das instalações das cordas e escadas, que sempre começa pela parte mais difícil: encontrar o melhor caminho na Cascata de Gelo até o Campo 1.

Números de 2018

O "The Himalayan Database" atualizou os números de 2018 e com isso um novo recorde foi estabelecido: 809 pessoas escalaram o Everest em uma única temporada. O mais impressionante é que pulou do recorde de 667 em 2013, para 809 em 2018.

Existe uma explicação lógica para isso: Em 2015 houve o grande terremoto e a temporada foi cancelada, então o governo do Nepal estendeu o uso do permite daquele ano para ser usado até 2018. Muitos alpinistas usaram o permite em 2016 e 2017, mas a grande maioria deixou para usar em 2018.

Mortes

Como sempre destaco, o número de mortes no Everest é muito pequeno, se mantém nos padrões dos anos 90, mas naquela época os números de cumes não passavam de 150 e hoje em dia a média é de mais de 600 cumes por ano. Mas também é claro que se acontece alguma tragédia, os números serão maiores, pois há mais pessoas escalando. Podemos ver isso nos anos de 2014 e 2015.

Por mais que o número de mortes por ano seja baixo, me assusta pensar que em um pequeno grupo de pouco mais de 1.000 pessoas que estarão trabalhando e escalando no Everest em 2019, pelo menos cinco não voltarão para casa.

CUMES X MORTES - Infográfico: Elias Luiz | Extremos
O mais impressionante deste infográfico é que a média de 5 mortes ao ano se matêm desde a década de 90. Em contrapartida que o total de cumes aumentou em 600%. Isso mostra como a cada ano está mais seguro escalar o Everest. O resultado disso é toda infraestrutura armada e principalmente pela melhora nas previsões do tempo, onde hoje em dia as agências escolhem o melhor dia de ataque ao cume semanas antes e com chance quase zero de erro.
CUMES: FACE NORTE X FACE SUL - Infográfico: Elias Luiz | Extremos
Fica claro que até 2007 a Face Norte era a principal, onde as maiores agências estavam. Em 2008, ano das Olimpíadas em Pequim, a China fechou a Face Norte apenas para que uma equipe chinesa chegasse ao cume com a Tocha Olímpica. Isso obrigou as agências a mudarem para a Face Sul (Nepal) e onde permanecem até hoje, devido a instabilidade do governo chinês com as licenças de escalada a cada ano. O recorde de 563 alpinistas na face sul do Everest em 2018 se deu porque foi o último ano que os alpinistas poderiam utilizar o permite de 2015, ano do terremoto e avalanche, onde foram suspensas as escaladas e os premites prorrogados.
FACE SUL: CUMES X JANELAS - Infográfico: Elias Luiz | Extremos
A maior diferença para este ano é que tivemos apenas uma longa janela de cume. Enquanto nos outros anos foram duas janelas e as vezes até três janelas de cume. Mas a quantidade de dias de cume se manteve parecido com os anos anteriores.

Os 23 brasileiros que chegaram ao cume do Everest

         
1º (2 cumes)
Cume: 14.05.1995
Face Norte (Tibet)
Idade no cume: 29 anos
2º Cume: 02.06.2005
Face Sul (Nepal)
Nascimento: 12.03.1966
Foz do Iguaçu / PR



Cume: 14.05.1995
Face Norte (Tibet)
Idade no cume: 32 anos
Faleceu em uma avalanche na face sul do Aconcágua no dia 03.02.1998
Nascimento: 14.06.1962
Teresópolis / RJ


Cume: 02.06.2005
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 33 anos
Nascimento: 12.06.1971
Curitiba / PR




4º (2 cumes)
Cume: 02.06.2005
Face Norte (Tibet)
Idade no cume: 37 anos
2º Cume: Face Norte, sem o uso de oxigênio suplementar. Morreu de HAPE ou HACE, no Campo 3 (8.300m), em 19.05.2006
Nascimento: 13.12.1967
Belo Horizonte / MG

Cume: 19.05.2006
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 40 anos
Nascimento: 11.01.1966
Igarapava / SP




         
6º (3 cumes)
Cume: 27.05.2008
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 39 anos
2º Cume: Face Sul - 20.05.2011
3º Cume: Face Sul - 21.05.2013
Nascimento: 09.05.1969
Ibitinga / SP




Cume: 27.05.2008
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 38 anos
Nascimento: 02.07.1969
Campinas / SP






Cume: 17.05.2010
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 53 anos
Nascimento: 20.08.1956
Farroupilha / RS






Cume: 17.05.2010
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 46 anos
Nascimento: 04.01.1964
Manaus / AM





10º (3 cumes)
Cume: 07.05.2011
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 24 anos
2º Cume: 19.05.2016
Face Sul (Nepal)
3º Cume: 20.05.2018
Face Sul (Nepal)
Nascimento: 10.05.1986
Campinas / SP

         
11º
Cume: 07.05.2011
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 38 anos
Nascimento: 27.04.1973
São José dos Campos / SP


12º (2 cumes)
Cume: 17.05.2013
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 31 anos
2º Cume: - 21.05.2017
Face Norte (Tibet)
Nascimento: 14.05.1982
São Paulo / SP
13º
Cume: 23.05.2013
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 43 anos
Nascimento: 28.02.1970
São Paulo / SP


14º
Cume: 19.05.2016
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 37 anos
Nascimento: 26.11.1978
Bauru / SP


15º
Cume: 21.05.2016 - 6h00
Face Norte (Tibet)
Idade no cume: 47 anos
Nascimento: 26.11.1968
Monsenhor Tabosa / CE


         
16º
Cume: 21.05.2016 - 7h00
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 38 anos
Nascimento: 15.03.1978
Pelotas / RS

17º
Cume: 16.05.2017 - 10h30
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 42 anos
Nascimento: 10.06.1974
São Paulo / SP

18º
Cume: 16.05.2018 - 11h30
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 43 anos
Nascimento: 03.02.1975
Brasília / DF

19º
Cume: 19.05.2018 - 09h00
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 29 anos
Nascimento: 08.03.1989
Santa Rosa / RS

20º
Cume: 20.05.2018 - 07h43
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 23 anos
Nascimento: 06.09.1994
São José dos Campos / SP

         
   
21º
Cume: 20.05.2018 - 07h43
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 60 anos
Nascimento: 07.04.1958
Votuporanga / SP

22º
Cume: 21.05.2018 - 06h43
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 49 anos
Nascimento: 14.05.1969
Criciúma / SC

23º
Cume: 21.05.2018 - 13h45
Face Sul (Nepal)
Idade no cume: 55 anos
Nascimento: 25.10.1962
Novo Hamburgo / RS

   
         

comentários - comments