17º dia da Expedição Vulcões do Equador / Projeto Mundo Andino
da redação, Waldemar Niclevicz
16 de janeiro de 2014 - 00:53
 
comentários    
 
  • Foto: Waldemar Niclevicz
    Amanhecer durante a escalada do Illiniza Norte (5.116m). Ao fundo o Cotopaxi. Foto: Waldemar Niclevicz
  • Foto: Santiago Quintero
    Waldemar Niclevicz no cume do Illiniza Sul (5.326m). " Foto: Santiago Quintero
  • Foto: Santiago Quintero
    Waldemar Niclevicz, após 25 anos, novamente no cume do Cotopaxi (5.897m). " Foto: Santiago Quintero
  • Foto: Waldemar Niclevicz
    Proximidades do cume do Cayambe (5.790m). " Foto: Waldemar Niclevicz
1 4

Amanhecer durante a escalada do Illiniza Norte (5.116m). Ao fundo o Cotopaxi. Foto: Waldemar Niclevicz

todas as imagens
 

E com imenso prazer que faço a primeira atualização do ano do meu site diretamente de um país andino. Estou no Equador, com minha esposa Silvia e o meu querido amigo Santiago Quintero, um dos mais importantes expoentes do alpinismo equatoriano, realizando mais uma expedição do Projeto Mundo Andino.

Já enfrentamos seis vulcões: Pasochoa (4.200m) e Runcu Pichincha (4.700m), para aclimatar; Illiniza Norte (5.116m) e Sul (5.236m); Cotopaxi (5.897m) e Cayambe (5.790m). Este último sem chegar ao cume, devido as duras condições climáticas que estamos enfrentando nesta temporada, marcada por muita chuva e nevascas.

Até agora a escalada mais emocionante foi a do Cotopaxi. Embora tenhamos enfrentado um vento úmido que nos deixou encharcados de gelo e nos privou da vista de qualquer paisagem, vibrei ao chegar ao alto dos seus 5.897m, lembrando a primeira vez que eu o havia escalado, em 1989, praticamente 25 anos atrás!

A Expedição Vulcões do Equador continua até final de janeiro, isso se o tempo nos permitir desfrutar da beleza das montanhas deste belo país andino.


Fuerte abrazo y hasta luego,

Waldemar Niclevicz
www.niclevicz.com.br